Os pontos negros são uma das principais preocupações de quem tem pele oleosa, desenvolvendo-se pontualmente na pele seca. Tratam-se de obstruções dos poros (folículos pilossebáceos), que se formam quando estes são preenchidos por células mortas, melanina, sebo e outros resíduos presentes à superfície da pele. Frequentemente, estes resíduos oxidam e escurecem, tornando-se mais visíveis. Apesar de nem sempre ser fácil remover os pontos negros com cosméticos, estes produtos podem ter um papel importante na prevenção e redução do seu aspeto.

Pontos negros vs filamentos sebáceos

filamentos sebáceos

Os filamentos sebáceos não estão convenientemente descritos na literatura médica. Contudo, este termo foi recentemente criado para descrever as estruturas visíveis na imagem de cima. À falta de outro termo, usarei este para distinguir estas estruturas dos pontos negros, já que apresentam diferente tamanho e, por vezes, uma cor mais clara. Os filamentos sebáceos são absolutamente normais, e talvez por isso não tenham um nome estabelecido É através deles que o sebo circula desde a glândula sebácea à superfície da pele, onde contribui para a hidratação e proteção. Neste caso, o poro não se encontra totalmente obstruído mas sim parcialmente preenchido por células mortas. Quando são espremidos, os filamentos sebáceos são semelhantes a pequenos pêlos. Todas as pessoas têm filamentos sebáceos, que podem ser mais ou menos visíveis.

pontos negros

Os verdadeiros pontos negros são maiores, e mais escuros, levando frequentemente a um alargamento da superfície do poro. Aparecem mais frequentemente em pessoas com pele oleosa na testa nariz e queixo, mas também na zona superior das costas. Contudo, se houver algum poro alargado no rosto e corpo, e se a pele se encontrar muito seca e, consequentemente, espessada, é possível que se formem estruturas semelhantes a pontos negros nessas e noutras zonas. Nas zonas oleosas da pele, os pontos negros encontram-se lado a a lado com os filamentos sebáceos.

Prevenção de pontos negros

É possível reduzir a aparência dos filamentos sebáceos, que voltarão a formar-se independentemente dos produtos utilizados, e prevenir o aparecimento dos pontos negros com os mesmos cosméticos. Isto faz-se com produtos capazes de eliminar as células mortas provenientes da descamação da epiderme e o excesso de sebo, para que não se acumulem, e promovendo este processo de renovação cutânea.

Limpeza diária

Para este efeito, é essencial limpar a pele de manhã e à noite com um produto de limpeza adequado para o tipo de pele. Pode não ser necessário optar por produtos de limpeza contendo ingredientes esfoliantes químicos, como o ácido glicólico, lático, salicílico, gluconalactona e ácido maltobiónico, mas estes podem ser vantajosos.

limpeza pele oleosa

Cerave Blemish Control Cleanser

NIVEA Gel de Limpeza Derma Skin Clear

Neostrata Skin Active Exfoliating Wash

Limpeza intensiva (semanal ou mensal)

Pontualmente pode-se utilizar produtos capazes de absorver parte do conteúdo dos poros, que proporcionam uma limpeza mais rápida. Estes produtos apresentam-se frequentemente sob a forma de máscara, podendo veicular também ácidos esfoliantes, e serão pouco eficazes para a remoção dos filamentos sebáceos mais pequenos.

máscara pontos negros

Neutrogena Detox máscara esfoliante

Institut Esthederm Osmoclean Crème Douce Désincrustante

The Ordinary Salicylic Acid 2% Masque

Prevenção da obstrução dos folículos

A obstrução dos folículos devida à acumulação de sebo e células descamativas pode ser prevenida. Desde já através de produtos que normalizam a descamação diária, que pode estar retardada em pele oleosa ou seca. Depois, através de ingredientes que minimizam a secreção de sebo e, consequente produção de pontos negros e formação de filamentos sebáceos. Por outro lado, o uso de antioxidantes durante o dia, a par da aplicação de proteção solar, pode contribuir para retardar a oxidação do sebo e melanina à superfície do poro. Caso a pele não apresente secura ou desidratação, estes produtos, geralmente veiculados em sérum, podem substitur o uso de um hidratante.

Manhã

  • Antioxidantes

Não é fácil encontrar bons séruns antioxidantes indicados para pele oleosa, mas, de entre a oferta disponível, penso que estes serão alguns dos melhores. É de realçar que não existe evidência acerca do impacto destes produtos na redução da aparência dos pontos negros. Mas, atendendo à sua ação antioxidante, e ao facto de contribuirem para retardar o envelhecimento da pele, que leva, muitas vezes, a um alargamento dos poros (perda de firmeza), penso que poderão ser interessantes adições à rotina. Para este efeito, realço que é sobretudo importante usar protetor solar.

sérum antioxidante pele oleosa

Skinceuticals Silymarin CF

Vichy Liftactiv Supreme Vitamin C serum

Geek&Gorgeous C-Glow 15% Vitamin C Serum

Noite

O retinol e retinóides permitem simultaneamente promover a renovação epidérmica e reduzir ligeiramente a secreção sebácea. Isto não permitirá remover filamentos sebáceos, mas poderá reduzir o seu tamanho e cor. Contudo, nem todas as pessoas toleram estes produtos, que devem ser introduzidos de forma gradual. Isto é especialmente importante quando se utilizam também produtos com ácidos esfoliantes na rotina.

sérum retinol pele oleosa

Avène Cleanance Women peeling noite

La Roche Posay Retinol B3

Skinerie Retinol 0,3 sérum

  • Sem retinol ou retinóides

Os alfa-hidroxiácidos (glicólico, lático), ácido salicílico e poli-hidroxiácidos (gluconalactona, ácido maltobiónico), de ação esfoliante, podem ser utilizados também em produtos não enxaguados. Permitem eliminar a superfície escura dos filamentos sebáceos, e reduzir assim o seu asperto.

sérum esfoliante pontos negros

Vichy Normaderm Sérum

SVR Sebiaclear serum

Filorga Sleep and Peel

Remoção de pontos negros

tirar pontos negros

Existem vários produtos e utensílios indicados para remover os pontos negros. Estas soluções são provisórias, tais como as anteriores mas podem ser eficazes, especialmente se os utensílios forem manuseados por profissionais de estética devidamente treinados. O uso destes produtos e utensílios em casa é relativamente inofensivo. Mas realço que movimentos de pressão em torno dos pontos negros podem provocar feridas e cicatrizes.

Por outro lado, algumas bandas ou tiras autocolantes podem provocar pequenos derrames ou irritação em pele sensível, especialmente se forem utilizadas em dias consecutivos.

Existem ainda dispositivos que recorrem ao vácuo ou ao contacto de uma espátula metálica em vibração com a pele para tirar pontos negros. A eficácia destes dispositivos é variável, e a sua utilização deve ser ajustada à sensibilidade da pele. É importante realçar que no que, diz respeito aos filamentos sebáceos, não é expectável conseguir resultados duradouros.

Fique a par de todas as novidades, artigos e encontros!


Publicado

em

Comentários

4 comentários a “Pontos negros ou filamentos sebáceos? Como prevenir e remover”

  1. Avatar de Rosa
    Rosa

    Olá o meu marido tem muitos pontos negros nas olheiras. Como é uma zona delicada não sabemos que produtos usar. O que recomenda? Obrigada

    1. Avatar de martasbcf

      Creio que será melhor consultar um/a profissional.

  2. Avatar de Patrícia
    Patrícia

    Obrigada pela informação. Gosta também da máscara YouthLab cleansing Radiance Mask?

    1. Avatar de martasbcf

      Sim, poderá ser útil devido ao efeito esfoliante.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Cosmética com ciência para consumidor@s exigentes e conscientes.

Marta Ferreira, farmacêutica e fundadora da comunidade “a pele que habito