Clarins Self Tan gotas autobronzeadoras para corpo

Clarins Self Tan gotas autobronzeadoras para corpo

Não tenho qualquer pretensão de ficar morena, até porque, na minha pele clara, isso implicaria um número absurdo de horas ao sol (não, obrigada), ou o uso contínuo de autobronzeador. Contudo, gostava de reduzir um pouco a brancura das pernas, que dá à minha pele uma tonalidade avermelhada. Para isso, experimentei um par de autobronzeadores, em toalhitas e em creme. Acreditem: Não ficou bonito. Por isso, decidi pedir algumas sugestões de bons autobronzeadores nas stories do Instagram, e o Clarins Self Tan foi um dos mais sugeridos. Assim, Quando a SweetCare me deu a escolher alguns produtos para testar, este foi um dos eleitos.

O que é?

Um autobronzeador concentrado para corpo

Alegações

Mistura-se com qualquer creme corporal

 Bronzeado natural e sem marcas que se cria facilmente, consoante os seus desejos

Preço

€18 a €30 por 30mL

Ingredientes

AQUA/WATER/EAU, DIHYDROXYACETONE, ALCOHOL, GLYCERIN, ALOE BARBADENSIS LEAF JUICE, ERYTHRULOSE, XANTHAN GUM, CARAMEL, CITRIC ACID, ETHYLENE BRASSYLATE, POTASSIUM SORBATE, SODIUM BENZOATE [S2848A]

Opinião

O Clarins Self Tan foi provavelmente um produto pioneiro dentro do segnmento dos autobronzeadores (se conhecerem algum produto deste género mais antigo, não hesitem em partilhar nos comentários!). Trata-se de um autobronzeadro concentrado, que deve diluído no hidratante de corpo habitual antes da aplicação, possibilitando um bronzeado gradual e personalizado. Para pessoas pouco experientes esta opção é ótima, já que as “imperfeições” de cada aplicação, e que ocorrem por exemplo durante um mau espalhamento, são facilmente corrigidos na aplicação seguinte.

A eficácia autobronzeadora deste produto deve-se principalmente à dihidroxiacetona, que é provavelmente o ingrediente autobronzeador mais usado nestes produtos. A dihidroxiacetona não atua aumentando a produção de melanina, o pigmento natural que a pele produz quando nos expomos ao sol. Trata-se sim de um ingrediente incolor, que interage com a queratina que se encontra nas células mortas da superfície da pele, dando-lhes uma tonalidade mais escura e alaranjada. Por este motivo, os autobronzeadores não conferem proteção solar, nem aumentam ou induzem o desenvovimento manchas escuras (de melanina) ou sinais. Ultimamente, têm circulado alguns mitos na internet acerca da toxicidade da dihidroxiacetona. Essas informações não têm fundamento científico, pelo que de acordo com o Comité Europeu independente que avalia a segurança dos produtos cosméticos, o uso deste ingrediente é permitido nos produtos autobronzeadores até à concentração de 10%. Adicionalmente, este produto contém o corante caramelo, que lhe proporciona um tom dourado às cotas mas não contribuirá para o efeito na pele.

No site, a marca recomenda “4 gotas para um bronzeado subtil, 6 para um bronzeado intenso. Aplicação fácil de dosear, basta virar o frasco ao contrário e apertar a parte de baixo: 1 aperto = 1 gota”. Contudo, esta indicação não considera a quantidade de creme usada, e que pode variar consoante a zona corporal. Por isso, recomendo sempre que testem o Clarins Self Tan com um número de gotas relativamente baixo até atingir o bronzeado desejado. Tendo em conta o meu tom de pele e o meu objetivo, de escurecer apenas um pouco, depois de testar, cheguei à seguinte “fórmula”: para uma noz de creme de corpo, que uso apenas nas pernas, aplico 12 gotas. Repito esta aplicação 1 vez por dia até atingir o tom que desejo. Depois, mantenho aplicando apenas 1 a 2 vezes por semana. Não fica com manchas nem escurece demasiado.

Após algumas semanas, estou muito satisfeita com o resultado deste produto, e recomendo a todas as pessoas que pretendam escurecer um pouco o seu tom de pele natural. Para quem já tem fototipo baixo e pretende alcançar um tom de pele muito mais escuro talvez este Clarins Self Tan não seja o mais indicado, já que implica uma aplicação diária e contínua, tornando-se significativamente mais caro do que um autobronzeador que não precisa de diluição. Se optarem por estes últimos produtos, sugiro que vejam o tutorial do Jules von Hepp (que por acaso é também uma das melhores pessoas da internet)!

, , ,

2 comentários a “Clarins Self Tan gotas autobronzeadoras para corpo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.